sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Gravidez e a paciência de Jó


Acho que já falei isso aqui antes, mas como é assunto recorrente na vida da gestante, vai ser assunto recorrente aqui também. Grávida tem que ter paciência de Jó.

(Pausa para uma explicação: Jó é personagem do velho Testamento, que sofreu muito. De acordo com a história, Deus e o Diabo fizeram uma aposta e muito sofrimento foi imposto a Jó para ver se ele mantinha sua fé mesmo com todas as adversidades. Apesar de tudo, ele se manteve paciente, perseverante e fiel a Deus. Daí veio a expressão. Fim da pausa)

Bem diz nossa colega do Blog da Grávida, que precisamos ter um "filtro gestacional de ouvido".

Primeiramente, a grávida tem que ter um sorriso sempre guardado na bolsa, para usar nas horas em que escuta frases célebres, como "tem certeza de que aí só tem um", "essa barriga é de menino (a)", "você está com azia, o bebê vai ser cabeludo" e "nossa, você já tá quase parindo, né?", entre outras. Também tem que desenvolver um certo olhar meio perdido, algo meio como o Harry Potter fazia em uma aula chata que eu não me lembro mais, correndo o risco de acharmos que somos retardadas. Tudo bem, o que náo fazemos para manter nossa sanidade mental, não é? Esse olhar aí, juntamente com o item "entrar por um ouvido e sair pelo outro" é de grande importância, principalmente na hora dos conselhos "utéis", como "besteira não beber durante a gravidez, não faz mal", "quando eu estava grávida não sentia nada disso", "gravidez não é doença, você está é com frescura" e outros bem legais que seguem a mesma linha.

Outros itens que testam a paciência da grávida me foram lembradas por outras colegas. Uma tem uma sogra que é um "anjo", que cismou que o primeiro neto precisava ter o nome dos bisavós. Nomes horríveis, por sinal. Sorte que ela fez pé firme e disse que se ela queria uma homenagem, fizesse um busto e colocasse no jardim, que ela bancava a banda da inauguração. Essa mesma colega anda sofrendo com essa "amável" sogra, pois não pode nem se preocupar com a saúde do bebê que está na barriga, porque vai passar "maus fluidos" para o bebê. Como disse bem outra colega, se preocupação de mãe prejudicasse bebê, todos iam nascer tronchos, porque qual a mãe que não se preocupa??

A outra tem um blog muito legal e comentou o afã das pessoas em opinar sobre o nome do bebê. Basta ouvirem que o nome não foi escolhido pra começarem a desaguar em opiniões. Oi?? Alguém disse que tô querendo ajuda??

Tem ainda o lado familiar. O lado maternal então... elas ajudam que é uma beleza, mas o que precisamos ouvir em troca não está no gibi. A minha disse que não vou lavar as roupas da minha filha, porque vou enchê-las todas de pelinhos. Então tá, quero ver até quando ela vai aguentar ficar na minha casa lavando roupa. Na minha primeira gravidez, ferveu tanto as conchas de amamentação pra esterilizar que as derreteu.

E, para finalizar, vale lembrar que a partir da hora em que as pessoas descobrem que você está grávida, fazem as mesmas perguntas. Claro que é delicadeza delas, querem mostrar interesse e puxar assunto. Mas imagina passar por isso todos os dias, em todos os lugares em que você vai, por uns 5 ou 6 meses? "Tá com quanto tempo?", "É pra quando?", "Já sabe se é menino ou menina?". Ah, tem também as perguntas com resposta programada: "Como é que está esse bebezão?". "Como está essa barriga?".

Ah, quase que esqueço de uma coisa importante! Grávida que não gosta que peguem na barriga sofre muito, muito mesmo. Eu, particularmente, não me importo, apesar de achar meio desconcertante. Mas aquelas que não gostam muito de contato físico passam apertado, porque não há uma amiga que resista a passar a mão no barrigão. E quem sabe ainda não sentem uma mexidinha, de lambuja?

O jeito então é respirar fundo e aguentar firme, Principalmente porque depois que o bebê nasce a coisa piora...

6 comentários:

BLOG DA GRÁVIDA disse...

Ai...esse negócio de mão na barriga eu não acostumei muito ainda. De vez em quando dou um pulinho pra trás hehehe É meio automático. Mas o resto até que eu estou mais acostumada. Também...mais de 20 semanas ouvindo as mesmas perguntas e dando as mesmas respostas. Tá automático já. É que nem escovar os dentes. Tô ficando política... tenho resposta-padrão pras perguntas de sempre e não esqueço do sorriso! Afinal, a gravidinha precisa sorrir sempre hehehehe

Amandica disse...

Amiga adorei seu blog e te linkei lá no meu tá?
Olha a paciência de Jó só começou...rsrsrsrs...não querendo desanimar, depois que vc for mãe vão palpitar como deve trocar a fralda, dar de mamar, as primeira papinhas, as roupinhas, o marido que muitas vezes não ajuda, a sogra, a mãe, ufa!
Depois vc me cvonta!
Passa lá no meu blog tb tá? Minha filha fará 7 meses agora dia 12, mas já passei por muita coisa, inclusive as última são: "Nossa seu corpo era tão bonito, vc não voltar a ele como antes??"
Aiaiaiaiaia
Mil beijos
www.cantinhodamamaeamandica.blogspot.com

Luciana Boury disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk
vamos fazer um pout-pourri de frases célebres??? junta com as minhas então: 'como aconteceu?' 'mas como vc foi deixar isso acontecer menina?' 'eai vão casar quando? antes do nenem nascer né?' tenho mais umas mil, mas nem vale muito a pena! hahaa ahhh a ultima que eu tive que ouvir foi sobre meu capricho com meu cha de bebe, a pessoa invejosa vira e diz: 'nossa Luciana, mas isso é uma festa de 1 ano ou um chá de bebê???' ahhhhhhhhhhh como engoli a seco essa...da vontade de dizer: claaaro que nao, a festa de 1 ano vai ser o triplo disso, mas eu te convido ta? rsrsrs PACIENCIA DE JÓ mesmo! mão na barriga? ODEIO...haha e me sinto muito mais aliviada e encaixada nesse Mundo ao saber que nao sou a unica! levanta a blusa ai, deixa eu ver sua barriga...sou atração de circo agora? naaao...hahaha paciencia amiga, ta terminando.logo mais mudam as perguntas e sobretudo os conselhos né? pq uma gravida recebe cerca de 8 a 22mil conselhos durante a gravidez. agora pensa numa mãe? agora pensa numa mae de primeira viagem? todos vão criticar tudo que vc fizer sempre! to pedindo a Deus que me cubra com paciencia em dobro pro resto da minha vida. haha

Anne disse...

aiii como eu sofro com tudo isso! principalmente com as perguntas ridículas de como eu fiquei grávida (eu preciso mesmo contar??? haha!!) ou quando eu vou casar (quem disse que ficou grávida tem que casar?)
eu ja tenho todas as respostas guardadas, mas dependendo da pessoa, ela sai mais crespuda hahaha!
mão na barriga??? se eu for ligar pra isso eu to ferrada, surto de vez.. é automático, todo mundo coloca a mão na barriga!
ah e vamos nos unir pela preguiça de arrumar a casa rs! unir a favor dela, claro, temos esse direito rs! fui estender roupa e lembrei de vc.. mas nada pior do que passar! haha
beijos!

Tathy disse...

Thaty, realmente é muito caro pra um show e se ele não curte muito não vale a pena o investimento. Agora se ele gosta de Lazytown, prepare o porquinho porque em novembro terá show aqui em Bsb.

Bjssss

Andréa Peixoto disse...

Minha amiga, Deus fez o parto humano durar uma média de 40 semanas pra que exercitemos uma virtude: a paciência! Como nove meses é pouquíssimo pra isso, teremos de exercitá-la durante toda a vida de nossos filhos! Respire sempre fundo e reze!!! Beijos!!!

  ©Template designer adapted by Ana by anA.